Inicío  »   Santa Bárbara
 Freguesias  
AtalaiaLourinhãMarteleiraMiragaiaMoita dos FerreirosMoledoReguengo GrandeRibamarSanta BárbaraSão BartolomeuVimeiro
 Lojas / Serviços 

Santa Bárbara

Santa Bárbara

Composta por três lugares de grande importância sócio-económica, Marquiteira, Ventosa e Pregança, a freguesia de Santa Bárbara integra, também, uma série de outros Junta de Freguesia de Santa Bárbarapequenos lugares, como Casais de Porto Dinheiro, Barrocas, Fonte Lima, Pia de Mestre, Santa Bárbara, Casal Vale Jameira, Casais do Araújo e Casal Vale da Cruz. Alguns dos nomes das localidades acima referidos, e que constituem hoje a freguesia, vêm citados já em documentos do século XVI, facto que prova a antiguidade do seu povoamento.

    Segundo o Cadastro da População do Reino, de 1527, ou simplesmente Numeramento de D. João III, a freguesia de Santa Bárbara teria perto de 90 habitantes: quinze em Pregança, dezoito em Ventosa e Fonte Lima, vinte e quatro em Marquiteira, doze em Alqueidão, doze em Atalaia, e apenas seis em Porto Dinheiro. Este era o lugar menos povoado da actual freguesia.

    O nome da freguesia demonstra o forte sentimento de religiosidade da população que decidiu consagrar a sua terra à santa. É um culto muito antigo, facto que está relacionado com a antiguidade desta instituição paroquial.

Foi nesta freguesia que decorreu em Parque Fonte de Lima parte a célebre batalha do Vimeiro, durante a terceira Invasão Francesa a Portugal. A luta decorreu entre a as tropas de Junot e as de Wellesley, num vasto terreno que compreendia as encostas de Ventosa e os Casais de Fonte de Lima e que ia até ao rio Alcabrichel, no Vimeiro.
Santa Bárbara é uma das mais recentes freguesias deste concelho, pelo menos a nível da independência administrativa. A sua criação ocorreu apenas em 16 de Outubro de 1956, através do desmembramento do território da freguesia de Nossa Senhora de Anunciação da Lourinhã.

    De todos os monumentos desta freguesia, destaca-se a capela da Marquiteira, uma construção seiscentista algo modificada desde o século XV. Consagrada a Santa Bárbara funcionou durante algum tempo como igreja paroquial. A actual matriz foi inaugurada em 13 de Agosto de 1961 por D. Manuel Gonçalves Cerejeira, Igrejao célebre patriarca de Lisboa. Projectada por Licínio Cruz para responder às necessidades espirituais da população da freguesia, apresentava características sumptuosas e dignas de Santa Bárbara, à qual foi também consagrada. Custou cento e cinquenta contos, à época, na sua totalidade obtidos através de subscrição pública. Erguida num local elevado pode ser vista em qualquer ponto do concelho.

    Em termos económicos, Santa Bárbara beneficia de excelentes condições orgânicas para o seu desenvolvimento. A construção civil, a agricultura, a pesca e o comércio são as principais actividades dos mais de mil e quinhentos habitantes da freguesia. Um número que tem vindo a decrescer, factor que se relaciona com a procura de outras paragens no estrangeiro e em território nacional.
Uma actividade a potenciar é o turismo, na medida em que se encontram magníficas paisagens naturais por terras de Santa Bárbara.

 
 

 
Loading
  Alcobaça     Alenquer   Arruda dos Vinhos   Batalha   Bombarral   Cadaval   Caldas da Rainha   Leiria   Mafra   Nazaré   Óbidos   Peniche   Sobral   Torres Vedras